Trazer o contorno para os olhos

Depois de dominarmos a técnica de contorno de rosto, chega agora a técnica de contorno de olhos! Isto pode soar a novo mas é uma técnica clássica que permite iluminar, dar forma, volume e tornar os olhos muito mais vibrantes.

Como? Combinando tonalidades escuras e claras!

O que precisa para elevar o seu olhar a um novo nível (ou se quiser parecer uma profissional)? Lápis de olhos! É tão fácil que se vai perguntar porque nunca o fez antes…

1. Escolher a cor

Lápis dourados, nudes e brancos são chamados de “iluminadores”. A sua missão é trazer luz aos olhos. Lápis escuros como o preto ou cinza são chamados de “definidores” pois permitem modelar a zona dos olhos com eles.

2. Iluminador on!

Os tons claros não são todos iguais. O nude funciona na perfeição como um primário de olhos para nos livramos das olheiras. Use sozinho para um look mais natural ou antes de aplicar a sombra de olhos. Também pode ser usado para definir de forma subtil as pestanas superiores e inferiores. O dourado puxa a luz para o canto exterior e para o centro da pálpebra (o que é ótimo para as noites mal dormidas). Opte pelo branco junto ao arco da sobrancelha para um olhar mais aberto ou dê uma nova forma à sua linha de pestanas para um look de diva.

3. Construir profundidade

A forma natural do olho é muito subtil. Use um lápis cinzento para defini-lo junto às pestanas superiores e inferiores e esfume no canto para um efeito esfumado. Truque de profissional: desenhe um formato de banana sobre a pálpebra e esfume. Para um efeito de profundidade imediato. Atenção: não faça isto se as suas pálpebras são naturalmente descaídas ou o seu arco da sobrancelha é muito alto. Um lápis preto tem o mesmo efeito mas mais ousado.

4. Atreva-se a misturar

Brinque com as cores. Iluminado e esfumado para uma noite mais louca? Um nude mais leve para um look “maquilhagem sem maquilhagem”? Atrever-se a destacar apenas as pestanas superiores ou as inferiores ou optar por destacar as duas? Crie um novo ”eu” a cada nova maquilhagem.