Mate ou com brilho?

20160623-glossormate-4

Prefere o café com ou sem leite? Água com ou sem gás? Carne ou peixe? A nossa vida está cheia de momentos em que tomar uma decisão é a única forma de continuar. E há duas questões fundamentais: quanto aos olhos, prefere delineador eyeliner ou kohl? E quanto aos lábios, enfrentamos o dilema shakesperiano: mate ou com brilho? Essa é a questão!

As tendências vêm e vão, mas o batom mate geralmente continua como um básico de maquilhagem. Os lábios cintilantes foram icónicos nos anos oitenta e noventa (lembra-se da icónica Kate Moss e dos seus lábios gelados?). Uma década depois, ninguém queria ouvir uma palavra acerca de lábios com brilho. Mas o gloss voltou a estar na moda – reparou no desfile de Nina Ricci para a Primavera de 2016, com lábios deliciosamente brilhantes, quase molhados? De uma forma menos ousada que há duas décadas, os lábios com gloss são agora uma tendência subtil, elegante e sexy. A questão é: deve segui-la? Não há uma resposta absoluta, mas podemos mostrar-lhe as regras.

1. Escolha mate se…

Mate ou com brilho

Definitivamente, se tiver lábios volumosos. Acredite em nós: os seus lábios já são sexy por si só, não precisam de brilho extra. Um tom neutro mate é perfeito para o dia no escritório e para a noite, escolha vermelho ou uma cor mais escura.

O batom mate também é perfeito para quem adora um look retro. Imagine Ava Gardner, Marlene Dietrich ou Grace Kelly – usavam sempre tons mate. Transforma a maquilhagem em algo clássico e forte, muito feminino.

Há ainda uma terceira razão mais prática: o batom mate dura mais tempo.

O seu impacto é tão forte que não precisa de maquilhar muito os olhos. Na verdade, nem deve fazê-lo, a não ser que pretenda um look muito dramático.

E, por ultimo, o mate é a melhor forma de testar novas cores. Quer experimentar lábios azuis? Talvez um tom cereja escuro? Experimente com mate.

2. Escolha gloss se…

20160623-glossormate-2

Os seus lábios forem finos e quer um efeito com mais volume. Um pouco de gloss reflete mais luz e parece aumentar o volume. É como se colocasse um pouco de ácido hialurónico para encher os lábios, mas sem nenhuma agulha envolvida (e muito mais barato)!

É mais rápido. O gloss aplica-se num único passo. Basta passar nos lábios e já está, é assim tão fácil.

Geralmente dura menos mas, por outro lado, é mais fácil de reaplicar ao longo do dia, mesmo sem um espelho.

Se os seus lábios estiverem desidratados, aplicar um batom pode ser complicado. Claro que pode aplicar um pouco de bálsamo algumas horas antes, depois esfoliar e hidratar antes de poder aplicar o batom. Mas isso demora tempo e as mulheres do século XXI nunca têm tempo a mais… Prefira o gloss, é mais confortável para os lábios secos e esconde os sinais de desidratação.

Lábios bem pintados ficam com um aspeto mais jovem e saudável. Quem não o deseja? Agumas mulheres detestam a sensação pegajosa do gloss, mas adoram o brilho vibrante. Chegou a hora de experimentar um batom hidratante de alto brilho, como o Batom Shine Burst.

É suave e sexy. Lembre-se: basta um pequeno toque, não aplique demais. Aceite este conselho especialmente se a sua pele tiver tendência oleosa, já que naturalmente terá mais brilho na zona da testa, queixo e nariz  – os seus lábios não devem parecer oleosos também.

Funciona sozinho, mesmo que mantenha o resto do rosto neutro, o gloss tem sempre efeito.

3. Misturá-los, porque não?

Nina Ricci fê-lo. Comece por aplicar uma camada mate. Depois, um toquem de gloss no centro dos lábios, deixando os cantos completamente mate. Num piscar de olhos, os seus lábios ganham uma nova e cintilante vida. É uma opção perfeita – com equilíbrio, consegue o melhor dos dois looks.

 20160623-glossormate-3