Adeus contorno, olá tontouring e draping  

Nada dura para sempre. Era apenas uma questão de tempo para que a técnica de contorno fosse ultrapassada. Kim Kardashian, a rainha das maçãs de rosto mais brilhantes do mundo deixou de fazer contorno.

Não entre em pânico! A Kim nunca se permitiria a usar técnicas simples. No que toca a Kim Kardashian, menos significa muito menos. Em vez de escolher dois tons como base de maquilhagem e perder muito tempo a espalhar e matificar o rosto (isto é basicamente a definição de contorno) a Kim está a optar por outra técnica de maquilhagem que deixa um efeito natural e não tanto arquitectónico. É aqui que entra o tontouring.

Tontou… o quê? Sim, bem sabemos. Mais parece que a cada mês nasce uma nova moda bizarra para descrever uma técnica. Uma palavra que nunca ouvimos e que se junta ao nosso dicionário de beleza. A boa notícia é que embora seja um pouco estranha, é muito fácil de aplicar: descreve uma nova técnica de contorno que explora as suas características usando um bronzeador e iluminador. Digamos que é uma forma mais relaxada da versão do contorno.

“Descreve uma nova técnica de contorno que explora as suas características usando um bronzeador e iluminador.”

Como fazer tontouring?

Em tempos esta técnica envolvia a redefinição de rosto usando auto-bronzeador. O termo foi criado por Marissa Carter, a fundadora de Cocoa Brown. Ela desejava fazer as mulheres sentirem-se bonitas sem usar maquilhagem. Optou por um bronzeamento de forma a criar um aspeto redefinido e duradouro. A ideia foi tão bem sucedida que se estendeu a muitos maquilhadores, que substituíram o auto-bronzeador (muito arriscado e duradouro) por bronzeador em pó. E aqui estamos.

A técnica – a com pó bronzeador – é muito fácil. Só precisa de dois tons diferentes de sombras e uma escova. Primeiro, use uma sombra com um tom mais escuro para esculpir a linha do maxilar, asas do nariz e por cima das suas sobrancelhas para dar um efeito tridimensional ao rosto. Pode parecer uma tarefa complicada, mas só demora um minuto.

Deixe o iluminador para o nariz, queixo e no espaço entre as sobrancelhas. Este passo irá dar-lhe luz e juventude ao seu rosto, igual a jovens bronzeadas na praia, com bochechas brilhantes e rosto com aparência hidratada. Pode parecer uma técnica revolucionária, mas não é. Imagine uma cara bronzeada e saudável da Giselle Bündchen ou o bronze Californiano da Gigi Hadid. Pensava que era um bronze verdadeiro? Não é! Uma verdadeira top model nunca expõe a sua pele a raios solares maliciosos. Usam, em vez disso, pó bronzeador. É uma boa solução para obter uma cara esculpida. Mulheres sensatas, não são?

Lembre-se: não está só aplicar bronze. O efeito de tontouring deve ser visível, pois a intenção é esculpir, mas não é tão pesado como o contorno. A razão: está a trabalhar com pó bronzeador, portanto tudo é mais iluminado, mais subtil, mais natural. Mais razôes para adorar tontouring? Mantém o look fresco ao longo do dia e é fácil de aplicar no verão,  sem parecer que tem uma máscara cheia de maquilhagem por cima do seu rosto.

E sobre o draping?

Poderá já ter ouvido falar desta palavra. É o último spin-off do contorno. E é uma versão mais leve. Imagine um tipo de tontouring destinado a mulheres que não gostam de um look bronzeado ou que preferem bochechas rosadas.

Consiste em definir características faciais usando blush e iluminador. O resultado é um look jovial e fresco que deixa um visual mais suave, súbtil. Faz-nos lembrar as bochechas rosadas nos 70’s e 80’s. Provavelmente a primeira artista de maquilhagem a usar esta técnica foi Way Bandy, que ensinou muitos artistas a iluminar pontos estratégicos e não o formato da cara. Pense na Cher, Brooke Shields, Farraw Facett ou uma Jerry Hall jovial no  Studio 54. Três décadas depois Marc Jacobs atualizou o conceito de brilho colorido de forma a trazer de volta um  ‘drape’ natural ao rosto. E todos adoraram tornando-se no último capítulo da história de contorno.

Como funciona? É muito mais prático de conseguir que o tontouring: só precisa de usar um blush duo. Primeiro aplique o tom mais escuro abaixo das maçãs do rosto. Isto irá esculpir as suas bochechas numa maneira natural. As melhores sombras são geralmente diferentes tons de rosa, embora possa optar por um tom de pêssego. Depois escolha um tom mais claro e aplique sobre as zonas mais escuras até à área das sobrancelhas. Isto irá matificar o tom de pele ao longo das maçãs do rosto e irá conferir luz de modo a dar um ar mais natural. A Gigi Hadid (nos seus looks de inverno) e a Kylie Jenner adoram o draping, pois confere um look contemporâneo matificado e natural.